Princípios Básicos do NUI (Natural User Interface) Design

Natural User Interface (Interface Natural de Usuário) é o termo que utilizamos para nos referir a uma interface que é efetivamente invisível, e permanece invisível conforme o usuário aprende continuamente interações cada vez mais complexas. Interfaces Gráficas de Usuário normalmente utilizam periféricos – como teclado e mouse – para mediar as interações com a interface, enquanto as interfaces naturais (como as touchscreen) permitem a interação direta do usuário com a interface e os conteúdos, de modo que não se percebe a tecnologia.

Dan Saffer, que é designer de interação e autor dos livros Designing Devices (2011), Designing Gestural Interfaces (2008), Designing for Interaction (2006, 2009) e Microinteractions (2013), se deparou com a seguinte pergunta no Quora: “What are the basic principles of NUI (Natural User Interface) Design?“. A resposta dele para essa pergunta foi uma lista com doze princípios, que você pode ler logo abaixo (em tradução livre).

Princípios da Natural User Interface

  1. Projetar para dedos, e não para cursores
    As áreas de toque precisam ser muito maiores do que em um desktop: 8-10mm para canetas, e 10-14mm para as pontas dos dedos.
  2. Lembre-se de fisiologia e cinesiologia
    Não faça com que os usuários executem tarefas genéricas ou repetitivas.
  3. Sem Braço de Gorila
    Os seres humanos não foram feitos para fazer muitas tarefas com as mãos para cima, em frente de seus corpos, por longos períodos de tempo (Minority Report que me desculpe).
  4. Cobertura da tela
    Dedos estão ligados a uma palma, que pode cobrir a tela enquanto você está tentando fazer um gesto. Evite colocar elementos essenciais como rótulos abaixo de um controle, de forma que possa ser encoberto pela própria mão do usuário. Coloque itens como menus na parte inferior da tela, para evitar este fenômeno.
  5. Conheça a tecnologia
    O tipo de tela sensível ao toque, sensor ou câmera determina o tipo de gestos que você pode projetar para a interação.
  6. Quanto mais desafiador for o gesto, menos pessoas serão capazes de (ou desejarão) realizá-lo.
Natural User Interface
Uma Natural User Interface permite a interação direta do usuário com a interface e os conteúdos.
  1. Ativar ações quando o usuário remover o dedo, e não enquanto toca a tela.
  2. Reconhecimento (Affordance)
    Utilize gestos simples e intuitivos para atrair usuários a começar a usar o seu sistema.
  3. Evite a ativação de ações de forma não intencional
    Uma variedade de movimentos diários por parte do usuário pode acidentalmente acionar o sistema. Tente evitar isso.
  4. Gestos e Teclas de comando
    Fornecer maneiras fáceis de acessar a funcionalidade (como botões, controles deslizantes, itens de menu, etc.), mas também fornecer formas avançadas e ágeis de gestos aprendidos como atalhos.
  5. Variedade de requisitos
    Há uma grande variedade de maneiras de realizar um mesmo gesto. Esteja preparado para isso.
  6. Determinar a complexidade do gesto de acordo com a complexidade e a frequência da tarefa
    Tarefas simples e frequentemente utilizadas devem ter gestos igualmente simples para executá-las.

E você, já conhecia o termo Natural User Interface? Costuma levar em consideração esses princípios na hora de projetar as suas interfaces? Deixe um comentário no post, e vamos compartilhar experiências 🙂

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima